#b-navbar { display: none; }

sexta-feira, janeiro 14, 2011

Sinto-me tão exterior às coisas.
Uso-as com o máximo de desonestidade
mas isso não me preocupa,
tenho a vida inteira à minha frente para sentir remorso.




Eduarda Chiote
 
 
 
 
Photobucket

1 Comments:

Blogger margarete said...

usar este poema com máxima desonestidade


:)*

17/1/11 09:31  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home