#b-navbar { display: none; }

sexta-feira, dezembro 03, 2010

amanhã vou afundar-me no outono
passar para além do reflexo do espelho
a palavra que se dissolve na respiração

onde está o coração? é como metáfora do
silêncio que ocupa o teu lugar

e eu estou no meio de um mapa de medos
a cruzar imagens para definir a estrutura da memória



maria sousa



Image Hosted by ImageShack.us

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger José Manuel Teixeira da Silva said...

É um poema belo e forte ou forte e belo, assim um perigoso jogo de espelhos.
Pretexto também para dizer como gosto de passar por este sítio real e mágico (há anos- 2004- lembro-me de que gostei de ver aqui um poema meu sobre Aurélia de Sousa...).
O meu lugar fica aqui- para poder ser visitado ou, talvez, prudentemente evitado:

http://subito-jmts.blogspot.com/



José Manuel T. S.

4/12/10 19:37  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home