#b-navbar { display: none; }

sexta-feira, agosto 27, 2010

é provável que fale de ti para descobrir onde é que ainda gosto de mim. no fundo, tu não existes, ou já não existes dentro de mim, fazes parte do meu falhanço. surge o risco de enlouquecer sozinho. mas, se me estiveres a ouvir, ajuda-me a caminhar na tua direcção. não me dês espelhos, não me enganes mais, não demores a chamar-me.





Al Berto




Photobucket

1 Comments:

Blogger c.bruno said...

espelhos não; antes descobrir o outro. *

29/8/10 19:49  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home