#b-navbar { display: none; }

terça-feira, junho 01, 2010

tenho à minha guarda os textos mais belos produzidos pelo mundo - pelo menos é o que sinto - mas nunca consegui verter uma lágrima perante uma frase ou uma imagem, como também pouco consegui chorar por aquilo que se deve chorar. As lágrimas só me vêm aos olhos diante do kitsch - quando Ele a vê a Ela pela primeira vez em technicolor - diante de tudo o que foi pensado pela ralé do sentimentalismo piegas.





Cees Nooteboom




Photobucket

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home