#b-navbar { display: none; }

sexta-feira, junho 11, 2010

Estou com a idade pousada nas mãos.
Explico-me com dedicação aos berços fundos
onde cada coisa dorme o seu medo de morrer.

Há na tristeza um perigo de terminar:
o eterno outono parece belo
a quem perdeu todas as sementes.

Pergunta-se um nome e ninguém responde.
Onde fica essa ilha a que só chegamos por naufrágio?




Vasco Gato




1 Comments:

Blogger Frioleiras said...

é tão bonita
sempre.................
este «espaço»
que... o roubo

para partilhar.............

13/6/10 18:58  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home