#b-navbar { display: none; }

terça-feira, fevereiro 09, 2010

Experimentei esta liberdade: a de ver os dias moverem-se de um lado para o outro dentro das semanas, enquanto eu lia, olhava, imaginava e dormia, e voltava para trás, lembrando coisas de uns e outros, coisas dos dias, de tal modo que era tudo uma festa da confusão.





Herberto Helder





Photobucket

1 Comments:

Blogger Filipa Júlio said...

ou de como os ponteiros dos relógios também rodam ao contrário do que é suposto.
:)

9/2/10 11:17  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home