#b-navbar { display: none; }

quarta-feira, setembro 30, 2009

Começa-se o silêncio a desenhar
nos interstícios da carne, a que se prendem
imagens que no fogo
lento da memória se apuraram
de dia para dia e que o passado
nos serve agora como iguaria.




Luís Miguel Nava





Photobucket

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home