#b-navbar { display: none; }

quinta-feira, julho 23, 2009

Não sabemos nada
Nunca saberemos se os enganados
são os sentidos ou os sentimentos,
se viaja o comboio ou a nossa vontade
se as cidades mudam de lugar
ou se todas as casas são a mesma.
Nunca saberemos se quem nos espera
é quem nos deve esperar, nem sequer
quem temos de aguardar no meio
de um cais frio. Não sabemos nada.
Avançamos às cegas e duvidamos
se isto que se parece com a alegria
é só o sinal definitivo
de que nos voltámos a enganar.




Amalia Bautista




Photobucket

4 Comments:

Blogger T.H. said...

sabes? vir cá é quase ler a vida que me (se) passa. e isso é tão estranho...

23/7/09 01:58  
OpenID vigiliaonirica said...

precisamos dessa cegueira, procuramos essa ilusão...

23/7/09 08:14  
Blogger jorge vicente said...

a alegria nunca engana, a verdadeira alegria

um grande abraço para si
jorge vicente

24/7/09 23:54  
Blogger comboio turbulento said...

precisamos da coragem de nos enganrmos para termos o prazzer de acertarmos. cada engano é um passo para a certeza

27/7/09 15:57  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home