#b-navbar { display: none; }

quarta-feira, junho 24, 2009

tradução caseira da lebre



amanhã
vão-me vestir com cinzas ao amanhecer
vão-me encher a boca de flores.
aprenderei a dormir
na memória de um muro
na respiração
de um animal que respira




Alejandra Pizarnik





1 Comments:

Blogger Frioleiras said...

tão triste............

25/6/09 02:12  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home