#b-navbar { display: none; }

sexta-feira, abril 03, 2009

Dizer-te, meu amigo,
que, à uma da manhã
e desta noite,
está lindo o nevoeiro

que um manto de sossego
assim inteiro
eu desejava dar-te
- e ter comigo.

Enviava-te um frasco,
se pudesse,
fechado em carta azul,

ou por fax de sol
(não fora o medo que o sol
o desfizesse)

Assim, mando daqui
esta espessura
de cheiro muito branco
e muito belo:

um manto de ternura
dobado num novelo,
que chegue
até aí.




Ana Luísa Amaral




Photobucket

3 Comments:

Blogger menino mau said...

xD
lindo.

3/4/09 03:46  
Blogger Frioleiras said...

Este comentário foi removido pelo autor.

3/4/09 18:34  
Blogger Frioleiras said...

um manto de ............doçura..

(ontem, às 2 da manhã , uma sensação semelhante .. sobre as copas húmidas das tílias e, mais abaixo , a penumbra enevoada de candieiros cor de lua...).

4/4/09 01:18  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home