#b-navbar { display: none; }

sexta-feira, março 27, 2009

Nem sempre me incendeiam o acordar das ervas e a estrela despenhada de sua órbita viva.

- Porém, tu sempre me incendeias.





Herberto Helder




Photobucket

4 Comments:

Blogger menino mau said...

:D
belo

27/3/09 04:03  
Blogger Melga van Porto said...

Assim julguei.
Assim lhe disse.
Assim escutou.
Assim me deixou.
Perdido no meio do nada!
:-)

27/3/09 14:29  
Blogger incs said...

"porque é de ti que me vem o fogo"

Herberto Helder

27/3/09 20:58  
Blogger O Intelectual Distraído said...

Pois é, se assim não fosse, não valeria a peena.

Beijo, bom fim de semana

28/3/09 13:05  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home