#b-navbar { display: none; }

terça-feira, março 24, 2009

I

Na cidade não se falava de amor
mas eu amava
e resistia à cidade
porque falava de amor.

II

Uns viviam em ruas com nome
de escultor,
outros viviam em ruas com nome
de pintor,
muito poucos viviam em ruas com nome
de gente.

III

Na cidade tudo era circular:
terminava no mesmo ponto
em que começava.
Redondos, inúteis,
sobrevivíamos
como as montanha lá ao fundo.




Filipa Leal




Photobucket

2 Comments:

Blogger Frioleiras said...

lindo...!

(a ironia/contraste da fotog ...:) )

24/3/09 20:06  
Blogger franksy! said...

poucos viviam em ruas com nome de gente! :)

24/3/09 23:28  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home