#b-navbar { display: none; }

quarta-feira, janeiro 28, 2009

tradução caseira da lebre




Estava abraçada ao chão. Acreditei que tinha morrido e que a morte era dizer um nome sem parar.




Alejandra Pizarnik




Photobucket

5 Comments:

Anonymous Marta said...

Brutal.... Este não conhecia... Beijo tradutora favorita

29/1/09 12:40  
Anonymous acoldzero said...

gosto. gosto bastante. ( és é sempre apanhada com as fotos que repetes :P )

29/1/09 15:52  
Blogger bruno sousa villar said...

"Há em Buenos Aires uma menina

argentina aérea e triste.

Tão triste que voava.

Alejandra contra a gravidade."


Gostei muito

31/1/09 18:49  
Blogger Joana A. said...

Esta fotografia é fabulosa. Tal como todas as outras que aqui encontro.

Parabéns pelo blog.
*

1/2/09 18:12  
Blogger (breve) said...

que lindo.
arrebatador. tudo.*

2/2/09 18:00  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home