#b-navbar { display: none; }

quarta-feira, janeiro 14, 2009

é difícil enumerar noites quando são
um nervo exposto da memória

se quero falar sobre as variações da insónia
sabes o que te posso contar?

à espera de resposta digo-te que
gosto de noites curtas

e que ao estar sozinha vão nascendo pássaros
nos regressos que desenho para portas por abrir







maria sousa






Photobucket

3 Comments:

Blogger angela said...

a mim nascem-me pássaros
quanto te leio***

15/1/09 16:43  
Blogger menina tóxica said...

ó maria lebre, está tão bonito*

15/1/09 20:55  
Blogger alex said...

muito bonito, o teu poema.

18/1/09 14:42  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home