#b-navbar { display: none; }

sábado, março 22, 2008

Alguns anos depois – não se sabe quantos –
regressou àquele lugar – integralmente curado, como lhe disseram – e as árvores,
antes frondosas, estavam mortas ou agonizantes. Não sentiu o mais pequeno sinal de nostalgia crescendo no oco em si. Só o oco em si.




Luís Quintais



Photobucket

2 Comments:

Blogger menina limão said...

OUCH.

22/3/08 19:06  
Blogger karin said...

Gosto da citação do livro Olho de Gato. Pior o contrário, quando nos disfarçamos de jovem entre os da nossa idade, mas na realidade nos sentimos mais velhos. Também gosto do blog.

23/3/08 21:53  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home