#b-navbar { display: none; }

quarta-feira, janeiro 09, 2008

Não pegues na colher com a mão esquerda.
Não ponhas os cotovelos na mesa.
Dobra bem o guardanapo.
Isso, para começar.

Extraia a raíz quadrada de três mil trezentos e treze.
Onde fica o Tanganica? Em que ano nasceu Cervantes?
Dou-lhe um zero em comportamento se falar com o seu colega.
Isso, para continuar.

Parece-lhe decente que um engenheiro faça verso?
A cultura é um enfeite e o negócio é o negócio.
Se continuas com essa moça fechamos-te a porta.
Isso, para viver.

Não sejas tão louco. Sê educado. Sê correcto.
Não bebas. Não fumes. Não tussas. Não respires.
Aí, sim, não respirar! Dar o não a todos os nãos.
E descansar: morrer.



Gabriel Celaya



Photobucket

3 Comments:

Blogger RAA said...

Esplêndido.

9/1/08 00:49  
Blogger Tinta no Bolso said...

respirar só o estritamente essencial


gostei.

9/1/08 11:27  
Blogger angela said...

retrato de um autoritarismo que (infelizmente) :( reconheço tão próximo...

9/1/08 17:30  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home