#b-navbar { display: none; }

quinta-feira, junho 21, 2007

O cheiro de rosas velhas e tabaco
Faz-me recordar.
Há quase vinte anos
Que não te vejo
E prossegue o nosso meio amor.

Deixaste-me isto:
Esta mão, entreaberta, imóvel
Sobre uma colcha verde.
Coisa bastante para erguer
Alguns poemas de melancolia.

Tivesse eu então tocado em ti
Talvez um de nós sobrevivesse.



Ian Hamilton




4 Comments:

Blogger Marta said...

com sua licença vou roubar este para as memórias dos cadernos imaginários.
beijo.

21/6/07 11:43  
Blogger Amélia said...

amiga: é tradução da lebre?
Venho c+á diariamente- mas raramente deixo sinal...Um abraço

21/6/07 12:30  
Blogger Putty Cat said...

Talvez....

Mas, daqui a 20 anos, não é isso que quero sentir...

Gostei!

Beijo

21/6/07 14:03  
Blogger lebredoarrozal said...

menina marta, tem toda a licença:)

amélia, não, não é uma tradução caseira.

putty cat, pois, tb eu espero:)

22/6/07 00:53  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home