#b-navbar { display: none; }

sexta-feira, fevereiro 16, 2007

-[...]o facto de tu seres tu não significa que eu não te inventei.
- Eu também existo.
- Também. Também existes e eu também te inventei. «Também» é uma boa palavra a lembrar. Tu também não existes como tu sozinha.




Philip Roth


Photobucket - Video and Image Hosting

2 Comments:

Blogger menina limão said...

ah pois, Philip Roth é uma falha no meu percurso literário que espero colmatar em breve. e, de facto, agora percebo o que ando a perder...é lindíssimo esse excerto!

16/2/07 15:28  
Blogger lebredoarrozal said...

eu ainda só li um livro dele, o traições, quero ver se agora leio o resto

16/2/07 18:14  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home