#b-navbar { display: none; }

sábado, janeiro 13, 2007

tradução caseira da lebre

Elogiemos as mulheres estúpidas

(...)
Não vivem no mundo real, dizemos para nós próprios ternamente, mas que raio de critica é essa?
Se elas conseguem não viver nele, melhor para elas. Nós também preferíamos não viver.
E de facto elas não vivem nele, porque tais mulheres são ficção: compostas por outros, mas mais frequentemente por elas próprias, embora mesmo as mulheres estúpidas não sejam tão estúpidas como querem aparentar: elas fingem por amor.
Os homens amam-nas porque elas fazem com que mesmo os homens estúpidos se sintam espertos; as mulheres pela mesma razão, e porque são relembradas de todas as coisas estúpidas que elas próprias fizeram; mas acima de tudo porque sem elas não haveria história.
Nenhuma história! Nenhuma história! Imaginem um mundo sem histórias.
Hypocrite lecteuse!Ma semblable! Ma soeur! Elogiemos as mulheres estúpidas, que nos deram a literatura.


Margaret Atwood


Photobucket - Video and Image Hosting

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

:)

(um sorriso ao texto e à combinação de texto e imagem)

Cláudia

14/1/07 20:29  
Blogger lebredoarrozal said...

obrigada:)

15/1/07 02:24  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home