#b-navbar { display: none; }

quinta-feira, dezembro 14, 2006

esboço para um poema de amor moderno


embora o branco
seja mais bem descrito pelo cinzento
o pássaro pela pedra
girassóis
em Dezembro

os poemas de amor de Outrora
eram descrições da carne
descreviam isto e aquilo
por vezes pálpebras

e embora o vermelho
deva ser descrito
pelo cinzento o sol pela chuva
papoilas em Novembro
lábios de noite

a mais tangível
descrição do pão
é uma descrição de fome
nela está
o caroço húmido e poroso
o interior quente
girassóis à noite
os seios ventre e coxas de Cibele

os seios ventre e coxas de Cibele

Uma primaveril clara
e transparente descrição
da água
é uma descrição da sede
cinzas
deserto
isso produz uma miragem
nuvens e árvores movem-se
para dentro do espelho

privação de desejo
ausência
de carne
tudo isto é uma descrição de amor
um poema de amor moderno


Tadeusz Rózewicz


Photobucket - Video and Image Hosting

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Ol´!
ainda estou sem palavras.
que lindo!!
1 sorriso luminoso
lana

14/12/06 23:18  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home