#b-navbar { display: none; }

sexta-feira, janeiro 20, 2006

Os pés do anjo estão a ser lavados,
andou por aí descalço
e entrou em casa acidentalmente como um insecto.

Os outros fugiram, quando entrou, em todas
as direcções,
como se o fogo se tivesse aproximado demasiado deles.

Durante muito tempo ouvi alguém chamar
mas quem tem medo
sobre o medo não pode falar.

Também para os anjos este mundo
é um planeta, um deles
eleva-se neste momento à minha frente.

Soltei o meu cabelo,
levei para dentro uma bacia de água
e sacudi o pó celestial de seus pés.

Se o amor pudesse ser observado de uma perspectiva geral,
não seria amor
mas algo diferente.

Num momento gracioso em que o sol entra pela minha janela
sinto as plantas gretadas dos pés do anjo -
enquanto as lavo não grito.


Pia Tafdrup


Image hosted by Photobucket.com

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home