#b-navbar { display: none; }

sexta-feira, janeiro 27, 2006

Mas o que é a cidade? Que é? Tudo, até o próprio vento.
Note-se que o vento e outras coisas que nos parecem do campo, dos espaços livres, são extraordinariamente citadinos .
Passa gente a gritar na rua, a soltar aqueles apelos tão entrados na nossa vida doméstica, e é o vento, afinal, que também tem um timbre usual e que é de toda a parte, que se ouve com mais delícia. Nesta cidade de sons, o do vento é muitíssimo antigo e poético, muito particular.

Irene Lisboa



Image hosting by Photobucket

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home