#b-navbar { display: none; }

quinta-feira, janeiro 19, 2006

mais uma tradução caseira da lebre



lembras-te daquele que vivia no andar de cima e expulsou a filha de casa e ouviam-se os gritos e depois atirou-lhe as bonecas para o pátio porque ela ainda tinha as suas bonecas e ali ficaram entre toda aquela porcaria e olhámos para elas porque não se mexiam e já não se ouviam os gritos até que anoiteceu e logo o porteiro as deve ter apanhado na manhã seguinte algumas sem braços

estivemos a olhar para elas a tarde toda enquanto iam perdendo forma até que escureceu e não as podíamos ver e mal acordei à meia noite pensei “já não resta ninguém para as vigiar.”


Leopoldo Panero


Image hosted by Photobucket.com

5 Comments:

Blogger pedro l. said...

vim cá ver se o template se tinha aguentado e apanho este texto.

o original tem pontuação? (para além do ponto final e das aspas)

assim todo corrido fica cheio de força.
"atirou-lhe as bonecas para o pátio porque ela ainda tinha as suas bonecas"
entre outras coisas expulsar uma filha de casa porque ela ainda tem as bonecas parece violento

19/1/06 00:53  
Blogger lebredoarrozal said...

o original não tem pontuaçao
eu fiquei siderada ao ler o original

recuerdas el que vivía antes en el piso de arriba y echó a su hija de casa y se oían los gritos y luego él tiró sus muñecas al patio porque ella todavía conservaba sus muñecas y allí estuvieron entre toda aquella basura y las miramos que no se movían y ya no se oían los gritos hasta que se hizo de noche y luego el portero debió de recogerlas a la mañana siguiente
algunas sin brazos

las estuvimos mirando toda la tarde mientras iban perdiendo
forma hasta que oscureció y no pudimos verlas y luego cuando
me desperté a medianoche pensé «ya no queda nadie para
vigilarlas»


eu não entendi que era por causa das bonecas, mas sim que ela era nova e ainda tinha bonecas...se calhar isso não ficou mto claro na tradução:|

19/1/06 02:05  
Anonymous Anónimo said...

Oh palhaço que escreves aqui, deixei este texto no Blog 'o Antunes' que é essencialmente para si 'homenzinho' sacana - aqui deixo um copy-paste e pode ler a m/ mensagem já aqui:
« 'SACO CHEIO NÃO DOBRA', belo título! Para quem não sabe chamo-me J. e sou o filho da 'vossa' (era o que faltava!) querida 'Marlene'. Ao ler (por sua sugestão)este post e outros ainda mais hilariantes que este desatei às gargalhadas. A sério, ri a bom rir...imaginei a figura de três ilustres palhaços, desprezíveis,a 'divertirem-se' com uma pessoa séria, que nunca viveu à custa de ninguém e que ainda por cima é minha Mãe. Então, podem elucidar-me qual dos senhores namorou, ou namora, ou casou ou foi/é amante da Srª 'Marlene'?! Pergunto porque vivo desde que nasci com a m/ Mãe e nunca vos conheci, nunca atendi ou lhe vi atender um único telefonema vosso, nunca entraram na nossa casa, nunca vi a Mãe a ficar fora de casa, situações estas que não parecem indiciar qualquer relação afectiva, a não ser que os vossos hábitos sejam também anormais, mas nunca me apercebi que a mãe 'Marlene' o fosse, pelo menos na relação que teve com o meu pai viviam na mesma casa e telefonavam-se todos os dias - é o que sucede comigo e com a minha namorada que vive a milhares de Kms de Lisboa. Ah,trata-se só de envio de emails carinhosos, amigos ou de 'namorados faz-de-contas' e de uma situação/brincadeira menos bonita de que a minha mãe me falou e que um de vocês - que ainda por cima é 'porco'- filmou e andou para aí a mostrá-la (que tristeza...até me sinto envergonhado de ser homem quando me lembro disto!Porco miserável, da campanha do Poeta). Pois bem, estou a ficar cansado de ver a minha Mãe a ser difamada e estou a ficar de saco cheio. É apenas isto que vos quero dizer, Srs de Portalegre, do Brazil e do Norte.

J. (trabalhador/estudante universitário).»

19/1/06 03:54  
Blogger João Villalobos said...

Pontos e vírgulas para quê? :)

19/1/06 10:53  
Blogger margarete said...

Lebre, este... isto... ai.

fiquei desfalecida.

19/1/06 11:37  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home