#b-navbar { display: none; }

terça-feira, janeiro 10, 2006

Encostei-me a ti, sabendo bem que eras somente onda.
Sabendo bem que eras nuvem, depus a minha vida em ti.

Como sabia bem tudo isso, e dei-me ao teu destino frágil,
fiquei sem poder chorar, quando caí.


Cecília Meireles



Image hosted by Photobucket.com

2 Comments:

Blogger João Villalobos said...

Lindo poema e não precisa de nem mais uma linha...

10/1/06 08:30  
Blogger lebredoarrozal said...

right to the point:)

11/1/06 01:57  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home