#b-navbar { display: none; }

terça-feira, novembro 08, 2005

o meu


Quando fores velha, grisalha, vencida pelo sono,
Dormitando junto à lareira, toma este livro,
Lê-o devagar, e sonha com o doce olhar
Que outrora tiveram teus olhos, e suas sombras profundas;

Muitos amaram os momentos de teu alegre encanto,
Muitos amaram essa beleza com falso ou sincero amor,
Mas apenas um homem amou tua alma peregrina,
E amou as mágoas do teu rosto que mudava;

Inclinada sobre o ferro incandescente,
Murmura, com alguma tristeza, como o amor te abandonou
E em largos passos galgou as montanhas
Escondendo o rosto numa imensidão de estrelas.


W. B. YEATS


Image hosted by Photobucket.com

4 Comments:

Blogger jone said...

é lindíssimo..

9/11/05 01:23  
Anonymous JF said...

Muito bom mesmo... e muito cruel.

9/11/05 09:02  
Blogger margarete said...

pode ser lido a ouvir "maria rosa" cantado por Elis Regina...

9/11/05 10:22  
Blogger ernesto esteves said...

Deixo-lhe aqui um convite: apareça no meu blog e deixe lá a seu comentário ;)

9/11/05 16:53  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home