#b-navbar { display: none; }

quinta-feira, setembro 15, 2005

Com as primeiras nuvens recolher ao Café. Tomar a mesa de canto, preenchendo o olhar.
Ao lado, uma mesa vazia. Cadeiras desencontradas. Uma garrafa despida. Um prato, branco de migalhas, guardanapos consumidos.
Tentar adivinhar quem poderia ali ter estado. O tempo que terá deixado, o gosto ou não por tabaco, definir esse rosto pelo rótulo do que bebeu, atribuir-lhe uma idade, um sexo, um perfil, explorar cada detrito na resenha de vestígios.
Perceber quanto existe, nesse jogo, de infrutífero. Tanta gente poderia ter-se sentado aí.

João Luís Barreto Guimarães


Image hosted by Photobucket.com

3 Comments:

Blogger pedro said...

o texto é muito real, vivid (uma palavra que acabo por não ter bem a certeza do significado/ou se existe). há um título de uma música "like dylan in the movies". como o pedro no pigalle. um post com sabor a tarte de morango

16/9/05 03:00  
Blogger lebredoarrozal said...

ou como a lebre no santa cruz com sabor a café e cigarros:)

16/9/05 03:51  
Blogger Pedro Pinto said...

pois
este tecto não se confunde

porque é que tecto precisa do c?

17/9/05 02:53  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home