#b-navbar { display: none; }

quarta-feira, agosto 31, 2005

Minha querida Birdie:

Encontrei-a agora mesmo do lado de fora do Tom Gate, andando com um ar muito rígido, e eu acho que ela estava a tentar dar com o caminho para os meus aposentos.
Por isso perguntei-lhe "Porque é que veio sem a Birdie?" E ela respondeu: "A Birdie foi-se embora! e a Emily também! e a Mabel não gosta de mim!" e duas lágrimas de cera correram pelas suas faces.
Ora esta, que parvoíce minha! Ainda não lhe disse de quem é que tenho estado a falar durante este tempo todo! Era a sua boneca nova. Fiquei muito satisfeito por a ver, e levei-a para a sala, e dei-lhe uns fósforos para comer, e uma boa chávena de cera derretida para beber, pois a pobrezinha estava cheia de fome e de sede após tão longa caminhada. Por isso disse-lhe: "Venha sentar-se à lareira enquanto conversamos os dois." "Oh, não, não!" Exclamou. "Prefiro não o fazer! Sabe que eu derreto facilmente!" E obrigou-me a leva-la para o outro canto da sala onde estava mais fresco: e então sentou-se no meu joelho e começou a abanar-se com um limpa-canetas porque, segundo me disse, receava que a ponta do nariz começasse a derreter.
"Não faz ideia do cuidado que nós, bonecas, temos que ter", confidenciou-me. "Olhe uma irmã minha" imagine só "aproximou-se muito destra da lareira para aquecer as mãos, e uma delas caiu de imediato! Está a ver?"
"Claro que caiu logo" disse eu "porque era a mão direita." "E como é que sabe que era a mão direita, Senhor Carroll?" perguntou a boneca.
E eu respondi: "Penso que tenha sido a mão direita porque ela era muito destra."
A boneca retorquiu "Não me rio. Acho que não tem graça nenhuma. Até uma vulgar boneca de madeira era capaz de arranjar uma piada melhor do que essa. E, alem disso, fizeram a minha boca tão rígida que eu, por muito que tente, não consigo rir!"
"Não fique zangada com isso", exclamei, "mas diga-me o seguinte: vou dar a Birdie e às outras crianças uma fotografia para cada uma delas escolher. Qual é que pensa que a Birdie preferiria?" "Não sei", afirmou a boneca: ¿Será melhor perguntar-lhe."
E assim lá a levei a casa de táxi. Qual é que a menina prefere? Arthur de Cupido? Ou Arthur e Wilfrid juntos? Ou a menina e Ethel de pedintes? Ou Ethel sentada numa caixa? Ou uma sua?

Afectuosamente, este seu amigo,
C.L. Dogson

Image hosted by Photobucket.com

2 Comments:

Anonymous dom said...

que bom que ainda existem coisas belas, como este blog.
gostei muito.
visite:
http://tremdavida.blogspot.com/

dom

31/8/05 12:53  
Blogger lebredoarrozal said...

obrigada:)

1/9/05 03:35  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home