#b-navbar { display: none; }

terça-feira, maio 24, 2005

por trás dos pássaros está um quadro a estalar
e eu sozinha vestida de borboletas
sei que recorto as frases onde abundam
os tons com que escrevo “adeus”

estou aqui para marcar as palavras
da cor de noites sobre noites

e nada mais que uma sombra a atravessar
os fragmentos de um corpo a desfiar-se
na presença de ausentes

fugir num entardecer a copiar manchas
que se abrem de par em par a
palavras como “sempre”


eue


Image hosted by Photobucket.com

2 Comments:

Blogger pedro said...

eue é eu? foi a "lebre do arrozal" que o escreveu o poema?

este comment não tem finalidade. é só mesmo para dizer o quanto aprecio e admiro este post. todos os dias acedemos a textos e poemas escritos para a blogosfera. este (e a frase não é minha, é de um político) foi escrito para a atmosfera. está brilhante.

25/5/05 13:24  
Blogger lebredoarrozal said...

obrigada:)

25/5/05 18:54  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home