#b-navbar { display: none; }

quinta-feira, abril 07, 2005

Tradução caseira da lebre

Coisas que despertam uma memória querida do passado

Malva seca. Objectos usados na Festa das Bonecas. Descobrir um pedaço de tecido violeta escuro ou cor de uva no meio das páginas de um caderno.
Chove e estamos aborrecidos. Para passar o tempo revemos papéis velhos e descobrimos as cartas de um homem por quem já estivemos apaixonadas.
O leque de papel do ano passado. Uma noite de luar.


Sei Shonagon


Image hosted by Photobucket.com

4 Comments:

Anonymous Moira Encantada said...

mais uma fantástica tradução caseira, you mean :)
que imagem belíssima.

8/4/05 01:02  
Blogger Amélia said...

Continue a traduzir-nos poetas que eu, pessoalmente, ainda não conheca.E a produzir os seus próprios poemas.Beijo

8/4/05 09:51  
Blogger serrata said...

se n tiras o "caseira" rapidamente, eu próprio farei questão de te espancar .... que coooooisa!!!!!

beijo

9/4/05 00:07  
Blogger Ricardo said...

Gostei muito!!!

9/4/05 21:17  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home