#b-navbar { display: none; }

quarta-feira, março 30, 2005

Parabéns Ju


Se eu pegasse num pequeno barco esguio
atado ao cais e esta noite
te oferecesse um peixe de alto mar

ou se pusesse óculos de aviador e asas
e descesse entre as folhas do sicómoro até ao jardim

ou se, iridiscente pela força dos planetas,
pousasse uma perna de flamingo na janela do teu laboratório

ficarias surpreendido? ou insistirias em que
tem de haver um modelo para todas as transfigurações?

Ouve, terei de segredar
ao teu próprio coração: todos somos
sobrenaturais
e em cada dia

erguemo-nos como novos seres
imprevisíveis


Elaine Feinstein



2 Comments:

Blogger Ju said...

:) :) merci bien, ragazza... é lindo o poema.

30/3/05 14:53  
Blogger ni said...

Excelente escolha, maninha!
;O)
e PARABÉNS, Ju!
Muitos beijinhos e abraços

30/3/05 23:32  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home