#b-navbar { display: none; }

terça-feira, março 29, 2005

BESTIÁRIO MÍNIMO

I. corvos

Vírgulas suspensas
entre ciprestes.

II. grilos

Já se calaram há muito
mas o seu canto ficou a pairar
sobre a seara, dentro da cabeça.

III. salmões

O rio original, espécie de útero,
chama por eles. E eles voltam.

IV. rãs

Vivem na margem do lago,
à espera de uma fábula ou
de um verso japonês.



José Mário Silva


1 Comments:

Blogger jorge said...

bonito, bonito!

29/3/05 15:29  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home