#b-navbar { display: none; }

segunda-feira, fevereiro 07, 2005


Uma espécie de vazio

A imagem estendia-se
com surpreendente realidade

Pensei: é a montanha
que nunca tinha visto

Como nessa manhã
em que o seu perfil me surpreendeu

a sua imanência

Agora não me importa
porque me esvaziei

Não obstante sinto a falta
a intensidade dos meus pertences

Sinto um vazio
uma espécie de vazio

mesmo na luz
iridiscência

- malvas laranjas -

da inapreensível realidade

Yolanda Pantin


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home