#b-navbar { display: none; }

terça-feira, outubro 12, 2004


E é este o quarto onde costumo estar nas noites assim; o quarto onde costumo estar nas noites que não são bem assim; o quarto onde costumo estar todas as noites e onde nunca nada jamais acontece a não ser o estrépito do céu caindo à vez pelos telhados.

António Gregório
Uma história de desamor treze vezes



(lebre em modo deslumbrada com este livro )

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home