#b-navbar { display: none; }

terça-feira, agosto 24, 2004

Foi-se

O tempo dos grandes gestos foi-se e não voltará
os braços estão cansados de abrir e fechar
ledas ou tristes madrugadas tanto dá
o tempo dos grandes gestos foi-se e não voltará.

O tempo dos vinhos doces foi-se e não voltará
está rolhado o paraíso. Quem me beber
o sangue em chumbo lhe coagulará
o tempo dos vinhos doces foi-se e não voltará.

O tempo dos pedestais foi-se e não voltará
esclerosada a estátua de mármore. Sobre as veias
da testa a erva como feno crescerá
o tempo dos pedestais foi-se e não voltará.

ulla hahn


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home